Criações do catalão Francisco Ibáñez, Mortadelo e Salaminho (Mortadela e Salamão em Portugal, Mortadelo y Filemón no original espanhol) é a HQ mais famosa da Espanha. Sua duradoura popularidade (completarão 50 anos de publicação no ano que vem!) em terras espanholas deve-se, entre outros motivos, à sua capacidade de fazer humor em cima dos eventos atuais. Há sempre um álbum dos personagens para cada copa do mundo ou olimpíada, por exemplo.

Ora, o sucesso de Ronaldinho Gaúcho no Barcelona certamente motivou Ibáñez a desenhar esta capa para a série Top Cómic Mortadelo:

Mortadelo e Ronaldinho

Mortadelo e Ronaldinho

Nela podemos ver Ronaldinho contracenando com Mortadelo, Salaminho e o cegueta Rompetechos, os personagens mais famosos de Ibáñez.

O jogador, porém, não aparece no interior. Top Cómic Mortadelo é uma revista periódica de banca que republica duas aventuras da dupla de agentes (em formato menor que o dos álbuns habituais) junto com uma história curta inédita de Rompetechos e uma pequena seção de “besteiras” (geralmente fotos alteradas para incluir a insana dupla de agentes). As duas aventuras de Mortadelo e Salaminho republicadas nada têm a ver com futebol (uma tem como tema os telefones celulares, a outra é comemorativa dos 100 anos de quadrinhos, mostrando a dupla enfrentando cópias malignas do Super-Homem, Homem-Aranha, Príncipe Valente, etc.), já a de Rompetechos, que mostra o baixinho míope provocando o caos habitual enquanto tenta praticar esporte, apenas cita o jogador quando Rompetechos vê uma ovelha dentuça e a confunde com o futebolista, inspirando-se assim a praticar futebol (com resultados previsivelmente desastrosos…).

Falarei mais sobre estes personagens em um futuro post de “Grandes personagens”.